7 estratégias essenciais de marketing para empreendedores

7 estratégias essenciais de marketing para empreendedores
loja-virtual

O marketing para empreendedores deixou de ser um assunto balela para se tornar crucial entre as empresas do mundo. 

No início de um negócio os empreendedores costumam se dividir em diversas áreas e dependendo da sua organização, algumas ganham um pouco mais de atenção que outras. 

O fato é que determinadas áreas não podem passar desapercebidas e precisam de uma atenção diferenciada.

Uma delas é o marketing. Ele é essencial para interagir com o seu público-alvo, trazer novos clientes e manter os antigos confiantes no seu serviço ou produto.

Por isso, ouso dizer que ele é o coração de uma empresa. Sendo assim, sem marketing o negócio dificilmente conseguirá progredir.

Então, quero apresentar a você neste artigo, 7 práticas de marketing para empreendedores.

Vem comigo!

1. Marketing de relacionamento 

Hoje em dia, se você quer ter uma empresa ou negócio de sucesso precisa estar atento ao relacionamento com o cliente.

Isso porque pessoas se conectam com pessoas e não com produtos ou serviços. 

As pessoas querem e estão à procura de algo que os compreenda, que entenda sua dor, sua dificuldade e o ajude a solucionar um problema. 

Sendo assim, as empresas que se contentam somente com o seu produto, achando apenas ele basta para o cliente, estão fadadas ao fracasso.

Você precisa com urgência alinhar a conexão entre a sua marca e o seu consumidor. 

Dessa forma, além de oferecer produtos e mais produtos, demonstre interesse genuíno em ajudá-los a solucionar as suas problemáticas.

Nesse sentido, o marketing pode ser uma ferramenta muito valiosa para auxiliar no relacionamento com os consumidores nos seguintes pontos:

  • Quem é a persona do seu negócio?
  • Quais suas dores e objeções?
  • Como trabalhar na fidelização de clientes?
  • Quais ferramentas você pode utilizar para criar e manter esse relacionamento?

Dessa forma, o marketing de relacionamento poderá auxiliar você.

Outro ponto importante do relacionamento com o cliente é o pós-venda.

Essa fase contribui para o fortalecimento dos laços entre ambas partes: a empresa e o cliente.

Pois, o relacionamento com o cliente não deve acabar quando você completar uma venda. 

Ao contrário do que muitos pensam, esse momento é apenas o início!

Desse modo, busque formas de fidelizar o cliente através de uma relação contínua.

Você pode fazer isso através de:

  • e-mails 
  • verificação de como foi a venda
  • envio de brindes
  • estímulos de compartilhamento

2. Marketing para empreendedores: construção da marca

Toda marca tem um início. Ela possui valores, propósitos, missões. 

Sendo assim, a construção de uma marca começa no sonho do empreendedor. 

E geralmente, o empreendedor possui um ideal ao criar um negócio. 

Ele pensa que a empresa deve transmitir credibilidade e confiança para o cliente. E para isso, sua marca deve estar comprometida com eles. 

Mas, além disso, a construção da marca tem alguns quesitos importantes. 

No marketing chamamos esse processo de branding.

O branding pode ser definido como o conjunto das ações diretamente relacionadas à gestão de marcas. 

Logo, a gestão de uma marca pode ser entendida como a criação e a manutenção de sua confiança, ou seja, a missão da empresa e o seu posicionamento devem ser coerentes e ainda o que se vende deve ser cumprido.

Uma empresa com uma forte presença de mercado e posicionamento bem definido, geralmente possui colaboradores que tomaram para si totalmente a missão que a marca simboliza. 

Dessa forma, todo o processo de construção de identidade de uma marca é desenvolvido de acordo com o que a empresa acredita.

Sendo assim, pare e reflita um pouco sobre:

  • Como sua marca se posiciona no mercado?
  • Quais palavras estão associadas à sua marca?
  • Que tipo de personalidade é atraente para seus clientes?
  • Quais conceitos descrevem sua marca?
  • Como você gostaria que seus clientes enxergassem sua empresa?

3. Conheça sua persona

A primeira estratégia que te falei foi o relacionamento com o cliente. Entretanto, antes disso, é preciso conhecer quem são as suas personas.

A persona é o seu cliente ideal. É a representação fictícia do cliente ideal de um negócio. 

Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos clientes, assim como histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações.

A persona é algo mais específico que o público-alvo, pois é ela que fornecerá clareza sobre o seu cliente ideal. 

Para saber quem são as personas do seu negócio, você pode realizar pesquisas e com isso defini-las. 

Algumas características que utilizamos para definir as personas são:

  • Idade;
  • Cargo;
  • Hábitos;
  • Frustrações;
  • Desafios;
  • Crenças;
  • Hobbies;
  • Estilo de vida;
  • Hábitos de compra;
  • Quais mídias preferem;
  • Quem os influencia;
  • Quais tecnologias usa;
  • Onde busca informação;
  • Critérios de decisão na hora da compra;
  • Momento da jornada do cliente em que se encontra.

Trabalhando dessa maneira será possível orientar cada vez mais as ações do negócio em todas as áreas para atrair os clientes certos.

4. Marketing para empreendedores: marketing de divulgação e venda

Essa estratégia é essencial. Afinal, como você vai conseguir vender o seu produto ou serviço sem ao menos fazer uma divulgação? 

Esse é um conhecimento obrigatório para todo empreendedor. 

Nesse sentido, é necessário que você compreenda  que esse assunto deve ser uma das principais prioridades em sua rotina. 

Por isso, você deve definir ações que sejam objetivas e implementá-las no seu negócio.

Nessa fase, você precisa estudar a área de vendas e trabalhar em ações que envolvam publicidade, propaganda, ofertas e promoções. 

A meta dessa etapa é mostrar que o seu produto ou seu serviço é indispensável para a persona.

Procure saber onde sua persona se encontra para fazer a divulgação no local correto. Pois de nada vai adiantar divulgar para as pessoas erradas. 

5. Use as redes sociais para engajar o cliente

Já parou pra perceber que o relacionamento é algo extremamente importante para o marketing, não é mesmo? 

Pois é! 

Grande parte das estratégias são desenvolvidas para atender as necessidades do cliente. Por isso, é preciso entender como ele se sente e o que pode ser benéfico para ele. 

Porque é isso que vai melhorar a experiência de compra.

Assim, a sua marca consegue agregar valor logo no início dessa relação e depois de ter feito a compra isso será permanente.

Sendo assim, use as redes sociais como uma ferramenta importante para entender o engajamento do cliente. 

Pelo Instagram, por exemplo, é possível saber o quanto ele acompanha a empresa, compartilha e interage com seus conteúdos.

Basta que você entre no Instagram Insights.

Faça uma análise e levante os números. 


Desse modo, você conseguirá desenvolver cada vez mais ações que podem trabalhar a aproximação constante do cliente com a sua marca.

6. Marketing para empreendedores: marketing de conteúdo

Como eu disse para você anteriormente, as pessoas querem e estão em busca de soluções. 

Quando elas entram na internet elas passam horas à procura de uma resolução para suas dores ou para encontrar alguma oportunidade que mude sua situação atual.

No mundo virtual, temos todo tipo de informação. E essas informações fazem parte de um processo decisório para o cliente. 

Se ele visualiza, compreende o que foi dito e tem provas de que o que está escrito ali funciona, então provavelmente ele vai considerar isso na realização da compra.

Portanto, para que qualquer negócio consiga aproveitar ao máximo esse movimento é preciso investir em marketing de conteúdo

Essa ferramenta é fundamental para conquistar o cliente e se firmar como autoridade nos assuntos que a empresa se propõe a resolver.

Para isso, você pode produzir o conteúdo em diversos formatos, tais como:

  • Textos para blogs;
  • Áudios;
  • Vídeos;
  • Infográficos;
  • Posts para redes sociais.

Além disso, não pare de estudar sobre essa estratégia, pois ela se reinventa diariamente.

7. AIDA

Geralmente, os consumidores compram em momentos diferentes, no entanto, todos seguem quatro passos principais na hora de tomar decisões de compra. 

Costumamos chamar essa jornada de AIDA:

  1. atenção, 
  2. interesse, 
  3. desejo e 
  4. ação.

Não interessa se o seu  potencial cliente já veio de outros processos em concorrentes seus. 

A questão é que sua empresa sempre vai precisar atrair a atenção, criar relacionamento para cultivar seu interesse, convencê-lo de que está com desejo e facilitar sua ação – a compra.

Procure tirar o máximo proveito do seu AIDA. Considere, por exemplo, a implementação de fluxos de nutrição por e-mail que tentem convencer o usuário da necessidade do produto na vida dele.

Conclusão

Empreender usando o marketing é o caminho para levar o seu negócio a outros níveis. 

Usar estratégias de marketing para empreendedores é um caminho sem volta. E como você viu inserir-se no meio digital já é um fato a ser considerado.

Por isso, não deixe de avaliar quais estratégias se encaixam na sua empresa e montar um plano de ação para implementá-las.