Marketing De Mídia Social: 6 redes para fazer sua empresa bombar

Marketing De Mídia Social: 6 redes para fazer sua empresa bombar
loja-virtual

Você já ouviu falar em marketing de mídia social?

Se você ainda não ouviu falar nisso ou tem dúvidas sobre o assunto, então está no lugar certo!

Em média, o brasileiro passa quase 4 horas diárias nas mídias sociais, número que o caracteriza como o segundo usuário mais ativo em todo o mundo.

Sendo assim, investir em gerenciamento de redes sociais, anunciar, movimentar grupos online e construir comunidades de marca nesses locais é algo que você deve fazer com absoluta certeza!

Saiba que muitos dos seus potenciais clientes e consumidores estão principalmente no:

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
  • YouTube 
  • Tik Tok

Porém para atrair esse público e garantir vendas é necessário uma estratégia de marketing de mídia social.

Você precisa ter um ótimo planejamento, boas táticas, investir nos locais certos, ter métricas crescentes e muitos outros fatores.

Se esse assunto é da sua conta? Com toda certeza! 

Dessa forma, prepare o seu café, seu chá ou bebida favorita e vamos continuar a leitura! 

Preparamos este artigo sensacional para te ajudar a descobrir tudo o que é necessário para aplicar o marketing de mídia social.

Marketing Digital X Marketing de Mídia Social?

Quando estamos falando de marketing, basicamente estamos fazendo uma referência ao conjunto de processos que envolvem:

  • criação
  • comunicação 
  • entrega de valor para clientes
  • administração do relacionamento com o cliente

Assim sendo, o Marketing digital nada mais é do que usar os meios e tecnologias digitais para alcançar esses objetivos.

Sabemos que nos dias atuais, a internet é o ambiente mais propício para estratégias digitais, com ferramentas úteis.

Além disso, o marketing digital tem muitos benefícios já que seus processos facilitam a fidelização do cliente e a adaptação das ofertas às compras já realizadas.

Desse jeito, chegamos então a uma boa estratégia de marketing digital: o marketing de mídia social. 

As mídias sociais são um veículo extremamente importante em uma estratégia de marketing digital, pois permitem a publicação de conteúdo e a interação com os seguidores.

Marketing de mídia social: vale a pena investir nisso?

Existem muitos e excelentes motivos pra você querer utilizar esse tipo de estratégia na sua empresa.

As mídias sociais são, na atualidade, o principal ponto de encontro entre marcas e seus consumidores.

Além disso, é um dos melhores ambientes para gerar novos negócios, se aproximar dos seus potenciais clientes e entender ainda mais as necessidades do seu público-alvo.

Por isso, você precisa ter uma estratégia eficaz que realmente faça sentido diante do investimento, seja ele financeiro, de tempo ou de pessoas.

Separei aqui algumas vantagens e benefícios de ter uma conta ou perfil nas redes sociais:

Visibilidade

Já te falei que as pessoas passam boa parte parte do tempo delas nas redes sociais.

Desse modo, se você deseja expandir a visibilidade da marca, então não dá para ficar de fora do local onde elas se encontram.

Sendo assim, garanta que esse reconhecimento de marca seja positivo. 

Como vou fazer isso Adriano?

Envolvendo as pessoas em boas experiências nas redes sociais e também com produtos ou serviços.

É crucial que você tenha uma ação relevante para o público.E as mídias sociais são canais com enorme potencial para marcas que querem visibilidade. 

Entenda que as redes sociais funcionam por algoritmos.

Como resultado, quanto mais engajamento por parte dos usuários, mais o perfil tem chances de gerar compartilhamentos e outras interações sociais. 

Isso, é claro, estabelece altos índices de visualizações e impressões positivas sobre a sua marca.

Engajamento

Eu acabei de falar um pouco sobre os algoritmos

Como você pôde perceber, eles identificam posts com muitas interações e consideram-no relevante para mais pessoas.

Contudo, não é só em alcance que se baseiam as ações em mídias sociais.

O consumidor atual é muito mais exigente. 

Dessa forma, ele se importa com os ideais da marca e deseja fazer parte da da empresa. 

É como qualquer relacionamento, precisa de contato frequente para realmente confiar no que ela oferece.

Essa “relação” pode fazer a diferença quando estamos falando do sucesso do negócio.

Por isso, o engajamento é muito importante na aquisição de novos clientes! 

Além disso, pode gerar retenção de pessoas que já compraram.

Tráfego

Os anúncios nas redes sociais também fazem parte de estratégias de marketing de mídia social.

Eles podem levar os usuários para as páginas do seu negócio. 

Então, uma publicação sua nas redes sociais pode ser a passagem dos seus potenciais clientes para uma página de aterrissagem desejada, por exemplo:

De outro modo, também é bom para a divulgação de produtos e serviços.

Com os anúncios você pode até ter vendas nesses canais através de recursos como Instagram Shopping e Facebook Marketplace.

Como fazer um planejamento de marketing de mídia social?

Todos os processos da vida envolvem muito planejamento. 

No marketing de mídia social, não é diferente. 

Apesar de que muitas pessoas acreditam que é simples executar uma boa estratégia de marketing nas redes sociais, a verdade é que há muito trabalho e conhecimento envolvidos durante o processo.

E o planejamento é a primeira fase. Além do mais, é fundamental para que tudo dê certo.

Sendo assim, é muito importante saber como criar um plano de marketing de mídia social antes de colocá-lo em prática.

Para isso, vamos começar com um diagnóstico da sua marca nas redes sociais. 

Considere e levante as seguintes informações:

  • nome da empresa;
  • ramo de atuação;
  • produto ou serviço prestado;
  • objetivos do negócio;
  • equipe;
  • ferramentas disponíveis;
  • processos;
  • parceiros;
  • concorrentes;
  • em quais redes sociais está;
  • Tem site? 
  • Tem blog?

Isso pode parecer bem básico pra você, mas acredite, essas pequenas informaçõesl te ajudarão a visualizar a marca como um todo.

Faça uma análise SWOT

Análise SWOT é uma ferramenta de planejamento estratégico na gestão de projetos, usada para analisar cenários e ser a base na tomada de decisões. 

Ela costuma ser usada pelas empresas antes de implementar algum projeto de impacto para o negócio.

Sendo assim, fazer uma análise SWOT te ajudará a entender pontos fortes e fracos da sua estratégia, e isso é fundamental para que você estruture seu plano de ação.

Uma análise SWOT é composta por elementos que compõem o ambiente interno e externo da empresa, como:

  • Forças (Strengthts)
  • Fraquezas (Weaknesses)
  • Oportunidades (Opportunities)
  • Ameaças (Threats)

Para essa análise, vale coletar informações com funcionários, clientes e pessoas externas.

O objetivo é identificar as forças e as fraquezas, ou seja, os pontos positivos e negativos da empresa ou do projeto que se quer implementar.

Além de também fazer uma análise de mercado, concorrentes, fornecedores e até o macroambiente político, econômico, social e cultural.

Elaboração de personas

O conceito de persona é o principal pilar de qualquer estratégia de marketing digital.

A persona  é um personagem semi-fictício que representa o seu cliente ideal e é responsável por direcionar todas as ações de marketing nas redes sociais.

Tudo o que você fizer – campanhas, posts, artigos de blog, comentários – será pensando na sua persona.

O conteúdo das redes sociais será direcionado a esse indivíduo.

É claro que as personas variam muito de acordo com o negócio e, inclusive, existem empresas com vários tipos de personas.

Porém, como ela é uma pessoa com quem a empresa deseja se relacionar, então é um elemento essencial para começar a traçar uma estratégia de marketing de mídia social.

Definição de objetivos e KPIs

Dentro de uma empresa é imprescindível mensurar e avaliar qualquer ação. Afinal, são elas que vão dizer se o seu objetivo está sendo ou não alcançado.

Por isso, os dados devem ser numéricos, rastreáveis e calculáveis. 

Para isso, defina seus objetivos e depois quebre-os em objetivos menores. Dessa forma, você terá objetivos primários e secundários.

O cumprimento desses objetivos secundários levará, naturalmente, ao alcance dos primários.

Depois pense nas métricas que irão verificar o alcance de cada um deles. 

Chamamos essas métricas de KPIs, isto é, Indicadores-Chave de Performance.

Alguns indicadores podem ser:

  • alcance do post (reconhecimento da marca);
  • cliques no link divulgado e conversões  (tráfego para landing page e vendas);
  • visualizações no vídeo (educação de mercado).

Mas, além desses, existem muitos outros.

Escolha de canais e calendário editorial

Por fim, você tem que escolher quais serão os canais utilizados em sua estratégia.

As opções são muitas: 

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • LinkedIn
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr
  • WhatsApp
  • Tik Tok

Você precisará pesquisar junto à sua base de consumidores para descobrir os locais em que eles mais estão presentes.

Se você está começando agora, avaliar em quais redes sociais seus concorrentes estão já é um ótimo início.

Depois disso, é hora de ter um calendário editorial. Ele vai te ajudar a organizar e controlar as atividades da área de social media.

O calendário da sua marca é uma previsão de cronograma das publicações do período. 

Você vai inserir os posts que serão divulgados em cada canal, bem como datas, horários, legendas, imagens e outras informações importantes.

Assim sendo, você conseguirá definir e manter uma frequência de publicações nas redes sociais.

E isso é essencial para os algoritmos perceberem que o perfil está ativo e continuar mostrando seus posts para os usuários.

Sabendo da existência de tantas mídias sociais, você deve estar se perguntando: “Mas, afinal, em qual delas devo investir?”

Bom, você não precisa estar em todas as redes sociais. Mas precisa estar naquelas que seu público está mais presente.

E para te ajudar nisso, fiz um resumo de algumas delas para você se aprofundar e ver qual se encaixa na sua estratégia de marketing de mídia social.

Marketing de Mídia Social: Facebook

A maior rede social, o Facebook é excelente para alcançar potenciais clientes de diversos nichos.

Embora tenha tudo que é tipo de público, o Facebook hoje é usado principalmente por adultos, ou seja, pela Geração X (nascidos entre 1960 e 1980) e Millennials (nascidos entre 1980 e 1995).

Só que o Facebook é muito mais que só uma rede social.

Atualmente, é uma grande plataforma de negócios, com inúmeros recursos para as marcas como o Facebook Insights para análise de métricas, o Facebook Marketplace para vendas diretas e o Facebook Ads para anunciar na plataforma.

Nessa rede social é possível:

  • publicar posts em diversos formatos
  • receber mensagens e avaliações dos usuários
  • transmitir lives
  • criar eventos
  • entre vários outros.

Uma das métricas que mais vem crescendo no Facebook é o percentual de páginas que usam mídia paga.

Sendo assim, se você quer aproveitar todo o potencial do Facebook, é importante também investir em anúncios. 

Marketing no Instagram

O Instagram é o queridinho dos jovens. 

Com um apelo mais visual focado em imagens e vídeos, a rede social conta também com o recurso de Stories e é uma ótima maneira para estabelecer contato com seus seguidores a qualquer hora do dia.

Antes, o Instagram era uma rede social apenas para publicar fotos do seu dia a dia ou de grandes acontecimentos da sua vida. 

Mas com o passar do tempo, ganhou novos recursos, a possibilidade de publicar vídeos e carrosséis no feed, de criar stories, lives, vídeos para o IGTV e Reels

E a todo momento é lançada uma novidade.

O Instagram também conta com recursos para vendas como o Instagram Shop, para descobrir produtos na rede social.

Além disso, você pode combinar posts orgânicos e pagos. 

Enquanto os posts orgânicos engajam e atraem audiência, os patrocinados alcançam um novo público e ajudam a atingir objetivos específicos de marketing.

Marketing no Twitter

O Twitter possui um dos mais altos índices de engajamento.

Como a  quantidade de caracteres por publicação é limitada, então a mensagem é entregue a uma quantidade maior da base de seguidores.

Atualmente, a limitação já subiu para 280 caracteres, e hoje os posts vão além dos textos e aceitam outros tipos de mídia, como fotos, vídeos e enquetes.

Geralmente, o público do Twitter quer se atualizar das novidades do mundo. 

Saber dos últimos acontecimentos, palpitar nas polêmicas do dia e participar dos assuntos que estão em alta.

Então, para fazer marketing no Twitter você precisa publicar novidades da marca e participar dos assuntos do seu nicho.

Marketing de Mídia Social: LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social voltada a conexões profissionais. Sendo assim, é a melhor alternativa quando o objetivo são os negócios B2B.

Se você deseja encontrar parceiros de negócios e recrutar talentos para sua empresa, este é o lugar!

Os assuntos aqui são mais sérios, mais profissionais. É importante entender que o público da rede social tem esse foco. 

Algumas formas de você conseguir alcançar seus objetivos nessa rede é mostrar cases da empresa, dar dicas de carreira, apresentar os seus colaboradores e mostrar como é a sua cultura organizacional, por exemplo.

Além disso, você ainda pode usar ferramentas do LinkedIn Premium:

  1. Sales Navigator serve para gerenciar leads
  2. Recruiter serve para divulgar vagas e recrutar candidatos

Marketing no YouTube

A maior plataforma de vídeos do mundo, o YouTube, já está fadada a ser a nova televisão, você concorda? 

Apesar de ter menos interações, é onde os usuários passam a maior parte do tempo.

Segundo o próprio YouTube, são mais de 2 bilhões de usuários ativos mensalmente no mundo.

Nessa rede social, você pode publicar vídeos institucionais, entrevistas, tutoriais, depoimentos de clientes, transmitir webinars ao vivo, criar séries ou podcats.

Marketing no TikTok

O TikTok é a rede social dominada pela Geração Z, nascidos entre 1995 e 2010 aproximadamente. 

Isso porque os mais novos adoram os conteúdos divertidos e dinâmicos que ele possui.

Dessa forma, se você quer entrar no TikTok, precisa entender a linguagem que se usa por lá. 

Aqui, o que bomba são os vídeos curtos, as dancinhas, os desafios, os filtros, os duetos e, principalmente, a criatividade.

Assim sendo, a perfeição não é o que importa. Saiba que os vídeos “toscos”, desde que sejam originais e criativos, fazem bastante sucesso.

Se você curtiu este artigo, deixe um comentário e posso responder as suas dúvidas!