10 dicas para escrever seu primeiro e-book

10 dicas para escrever seu primeiro e-book
loja-virtual

Escrever o seu primeiro e-book é muito vantajoso para o seu negócio!

Isso porque e-books são poderosas ferramentas em uma estratégia de marketing e podem trazer diversos potenciais clientes. 

Se você tem um blog, um perfil no Instagram, uma loja virtual, provavelmente um dos seus principais objetivos é conseguir leads, ou seja, pessoas que visitam sua página e deixam seus dados para contato (como telefone ou email) em troca de algum material ou informação.

Essas pessoas são clientes potenciais e se você conquistá-los, futuramente eles podem até fazer uma compra.

E como fazer com que os visitantes do seu blog, seus seguidores decidam te fornecer as informações deles? 

Que tal oferecer um e-book? 

Mas Adriano, eu nunca fiz isso. Não sei como escrever meu primeiro e-book!

Por isso nesse artigo eu vou te mostrar como você pode escrever o seu primeiro e-book!

Vamos lá?

O que é um e-book?

Um e-book é um livro digital. Ele sempre vai conter um conteúdo profundo que ensina algo para outras pessoas. 

Você pode ler e-books em computadores ou em dispositivos móveis, como tablets e smartphones. 

Geralmente vem em formato PDF ou Epub.

Se formos analisar qual a diferença entre um e-book e esse blogpost que você está lendo. 

Eu diria que a densidade do conteúdo

Já que e-books possuem um conteúdo mais extenso e mais completo, pois quem o escreve costuma abranger os problemas e soluções de maneira mais aprofundada.

Já em comparação com um livro tradicional, a principal diferença é que o ebook é um produto digital, e não impresso. 

Quais são as vantagens de escrever seu primeiro e-book?

Você deve estar se perguntando: será que eu realmente posso produzir meu primeiro e-book e conseguir mais clientes?

Sim! E existem muitas vantagens em fazer isso. 

Quer ver?

Preço

O custo de produção e de divulgação de um e-book é muito baixo. 

Diferentemente do livro físico — que tem um custo em papéis, impressões, transporte e armazenamento toda vez que ele é impresso — o livro digital tem custo próximo de zero, pois todo o processo de venda e consumo ocorre digitalmente.

Dessa forma, um ebook de alta qualidade pode chegar ao seu potencial cliente sem que você gaste um centavo sequer. 

E se você optar por vender o seu e-book pode colocar um valor justo aumentar sua margem de lucro por venda.

Portabilidade 

Como os e-book são produtos digitais, podem ser distribuídos de forma rápida e eficiente por meio da internet, para qualquer parte do mundo. 

Sendo assim, os potenciais clientes não precisam ir até uma loja física ou esperar seu livro chegar depois de uma compra online. 

Depois que ele transmitir as informações necessárias ou realizar o pagamento, se você tiver optado pela venda, o cliente já pode começar a estudar quando desejar.

Escalabilidade

Você consegue imaginar o tanto de pessoas que o mundo tem?

Agora imagine você vendendo para todas essas pessoas…

Essa é uma das vantagens de escrever seu primeiro e-book. 

Você tem a  possibilidade de realizar vendas para pessoas do mundo todo, independentemente do dia e hora. 

Possibilidade de trabalhar com o que você ama

Conhecimento nunca é demais! 

Ouvi uma vez que não há ninguém inteligente o bastante que não possa aprender, nem burro o bastante que não possa ensinar. 

Assim sendo, se você tem algo que realmente adora fazer, por que não aproveitar para ganhar dinheiro com seus talentos? 

Você poderá ensinar suas habilidades para outras milhares de pessoas e, consequentemente, lucrar com isso. 

Sem contar que as pessoas também se sentirão em vantagem, pois elas vão aprender algo com você!

10 dicas para escrever seu primeiro e-book

Para você que nunca escreveu um e-book, talvez essa seja uma tarefa desafiadora. 

Mas fique calmo e tranquilo porque eu separei 10 dicas matadoras para você escrever seu primeiro e-book e conquistar muitos leads e clientes!

1. Pense na sua persona antes de escrever seu primeiro e-book

Se você deixar de considerar esse fator, todo o seu trabalho de escrever seu primeiro e-book será em vão. 

A persona é um ponto fundamental para a construção do seu primeiro e-book. 

Ela é um personagem fictício que representa seu público-alvo. 

Dessa forma, possui vários dados, como características pessoais, interesses, desejos, medos e muito mais.

Vejamos…Imagine que você tem um blog sobre trabalhos manuais, sua persona pode ser Gabriela, uma mulher de 35 anos, de classe média, que tem 3 filhos e tem uma loja na feira local para vender seus produtos e sustentar a família.

Ela está em busca de conteúdos que otimizem o tempo que ela demora na confecção dos seus artesanatos. 

Contudo, ela também quer saber quais são as novidades do mercado para inovar e assim conseguir vender seus produtos para mais pessoas.

Dessa forma, quando você começar criar seu primeiro e-book, deve pensar no conteúdo que mais agradaria a Gabriela.

Pois assim, você irá elaborar algo que, de fato, atrai seu público-alvo e os convencerá a deixar os dados deles com você ou te procurar para solucionar seus problemas maiores.

2. Defina o tema do seu e-book

Depois que você pensou na sua persona, chegou a hora de definir o tema do seu primeiro e-book.

Para isso, você pode utilizar o KeyWord Planner. 

Já ouviu falar nessa ferramenta? 

Lá você irá encontrar ideias de palavras-chave relacionadas ao tema que você está pesquisando. 

Além disso, ela mostra quantas buscas mensais cada termo possui nos países e idiomas que você selecionar.

3. Escolha um título chamativo para o seu e-book

Depois de escolher o tema, você precisa criar um título chamativo. 

Isso é crucial porque muitas pessoas só vão baixar o e-book devido a um título que chamou a atenção, despertou a curiosidade delas.

Utilizar números, usar perguntas e fazer promessas são exemplos de gatilhos mentais que podem ajudar a chamar a atenção. 

4. Planeje o conteúdo do seu primeiro e-book

Escrever um conteúdo sem saber exatamente o que você vai dizer é uma péssima ideia.

Dessa forma, garanta que você tem um objetivo claro. 

Assim, você não vai se perder na metade do caminho e oferecer algo que não tenha qualidade. 

Além disso, você precisa cumprir o que prometeu no título.

Por isso, antes de começar a escrever seu primeiro e-book, faça um planejamento de todo seu conteúdo:

  • Quais problemas você vai solucionar com seu e-book?
  • Quantos capítulos terá e qual será o título de cada um?
  • Quais serão os subtítulos de cada capítulo?
  • Quais textos você utilizará como inspiração?

5. Busque boas imagens

As pessoas são visuais nos dias de hoje. Então você precisa dar ao seu leitor uma ótima experiência visual.

Para isso, inclua imagens ao longo do seu primeiro e-book. Como resultado, o aspecto visual dele será mais atrativo e a leitura fluirá de maneira mais natural.

Você pode buscar imagens gratuitas em sites como Unsplash ou Pexels. 

6. Cuide do design do seu primeiro e-book

Além das imagens, você também deve pensar no aspecto visual do seu e-book de modo geral. 

O tamanho das letras, as cores utilizadas, a organização do conteúdo… tudo isso é muito importante!

No canva, existem uma infinidade de modelos que você pode adaptar. Essa é uma ferramenta muito fácil de ser manuseada. 

Além disso, ela contém elementos e configurações que podem deixar o seu primeiro e-book com cara de profissional.

7. Revise a gramática e a ortografia

Uma revisão é extremamente importante para garantir que seu e-book está pronto!

Sendo assim, verifique se as informações estão corretas e se os dados que você utilizou não estão desatualizados.

Além disso, revise também a gramática e a ortografia.

Ninguém gosta de ler um texto cheio de erros, não é mesmo? 

Por isso, não deixe de reler seu texto com bastante atenção. 

O próprio Word e o Google Docs apontam erros e sugerem mudanças nas redações. 

Mas você também pode utilizar outras ferramentas de revisão.

8. Priorize a experiência do seu leitor

Um ponto que muitos não dão atenção ao escrever e-books é a experiência do leitor. 

Para isso, é preciso considerar não apenas o conteúdo, mas principalmente, a facilidade de leitura, que chamamos de escaneabilidade.

Em relação a isso, existem vários fatores devem ser observados:

  • Evite utilizar palavras muito difíceis e rebuscadas.
  • Evite frases ou parágrafos muito grandes.
  • Inclua espaços entre os parágrafos para que a leitura não seja cansativa.
  • Utilize subtítulos dentro dos capítulos.
  • Use imagens e elementos diferentes ao longo do livro.
  • Inclua listas, curiosidades e outros conteúdos interessantes.

9. Peça a opinião de outras pessoas

Depois disso, seu conteúdo estará pronto. 

Agora, seria uma boa opção pedir a opinião de outras pessoas a respeito dele.

Mas não é qualquer pessoa. 

Peça esse favor para alguém que trabalha com você e também para pessoas que não tenham conhecimento técnico do seu nicho de mercado.

Dessa forma, você consegue avaliar a experiência delas ao ler seu e-book

Isso também permitirá saber quais mudanças podem ser feitas para que o seu material seja o mais completo e agradável possível!

10. Divulgação

Tudo certo com seu primeiro e-book? 

Então, é hora de colocá-lo pra girar no mundo virtual!

Existem três ótimas maneiras de promover o seu ebook: email marketing, CTA nas redes sociais e sites do seu negócio.  

Se o seu público é ativo nas redes sociais, é interessante realizar uma campanha de anúncios

Investindo um pequeno valor, você pode alcançar ótimos resultados.

Mas se você já possui uma base de email com boa abertura, você também pode realizar disparar email marketing para o seu público informando sobre o lançamento do ebook. 

Outra forma de divulgar seu e-book é através de um blog, se você possuir. 

Escreva um artigo com o tema do seu e-book, claro, sem entregar todo o conteúdo. 

Depois disso, finalize com uma CTA que direciona o leitor para a landing page de inscrição do seu e-book.