Google vai mudar sua prática de anúncios depois de pagar multa para França

Google vai mudar sua prática de anúncios depois de pagar multa para França
loja-virtual

Google vai mudar sua prática de anúncios após ter de pagar uma multa de R$ 1,3 bilhões de reais para autoridades francesas.

Depois que a União Europeia abriu uma investigação contra o Facebook, parece que os países do bloco econômico estão insatisfeitos com as ações de comércio das plataformas digitais.

Quer entender melhor como tudo isso aconteceu? 

Continue comigo aqui, pois eu vou te mostrar os acontecimentos que levaram a isso!

Porque o Google vai mudar sua prática de anúncios?

Tudo aconteceu depois de uma reclamação de 2019 da News Corporation e do jornal francês Le Figaro.

Dessa forma, a França decidiu que o Google estava favorecendo seus próprios serviços de publicidade em relação aos rivais.

Quando as autoridades francesas descobriram o abuso da posição dominante do Google nos anúncios online, logo imputaram uma multa. 

O Google concordou em pagar o equivalente a R$1,3 bilhões de reais e, além disso, vai mudar as práticas de anúncios na internet.

O que se sabe é que esse acordo com a agência reguladora de concorrência da França pode ajudar a reequilibrar o poder em relação aos anúncios.

Pois, os publishers que dominavam o negócio na era pré-internet perderam o controle com a ascensão rápida do Google e do Facebook. 

O Google vai mudar práticas de anúncios agora, mas o conflito não é de hoje!

O Google vai mudar práticas de anúncios agora, mas o conflito não é de hoje!

Em 2019, o Google já havia enfrentado uma investigação por parte dos franceses e pagou US$ 167 milhões por regras de publicidade opacas e imprevisíveis. Isso ocorreu depois que suspendeu a conta do Google Ads de uma empresa francesa sem aviso prévio.

Mas, o Google não ficou por baixo. 

Em seguida, a maior plataforma de pesquisa da Internet entrou em conflito com reguladores e editores no país sobre o uso de trechos de conteúdo em sua seção de notícias.

Agora, além de ter concordado em pagar a multa, o Google vai mudar as práticas de anúncios. 

Segundo a plataforma, eles vão oferecer aos editores “maior flexibilidade” melhorando a interoperabilidade entre seu gerente de anúncios e servidores de anúncios de terceiros.

Mas os franceses não ficaram nada contentes e deixaram bem claro que:

“A investigação revelou como o Google usou sua posição dominante em servidores de anúncios para favorecer seus próprios serviços em vez de concorrentes em servidores de anúncios e plataformas SSP [sell-side].”

Afirmou Isabelle de Silva, chefe da Autorité de la concurrence. Além disso, ela declarou que:

“A decisão de punir o Google é particularmente significativa porque é a primeira decisão do mundo voltada aos processos complexos de algoritmo de leilão dos quais o negócio de anúncios online depende”.